Bali na Indonésia – Parte II

…. continuando sobre Bali.

Padang PadangTambém no sul da ilha essa praia é maravilhosa, você desce uma escadaria ao redor de um paredão, para acessar a praia, não tem dificuldade.  Passa o dia e se quiser, almoça em um restaurante bem simples, a beira do mar, mas que prepara um peixe pescado na hora com frutos do mar e legumes,uma delícia. Aproveite e experimente a cerveja de Bali Bintang.

“Não sei por que mas a cerveja e essa vista combinaram bastante!!!”

Uluwatu Temple – Depois de passar o dia nas praias do sul da ilha, visite o templo de Uluwatu, também conhecido como Pura Luhur Uluwatu ou templo dos macacos, é uma das atrações mais incríveis de Bali e um passeio que acho imperdível. O templo está localizado à beira de um penhasco, com cerca de 70 metros, em frente para o mar. Ele transmite a espiritualidade e paz que muitos turistas buscam em Bali e de quebra oferece um visual maravilhoso para o mar e para o pôr do sol!

Dedicado aos espíritos do mar, acredita-se que o templo guarda Bali contra os espíritos do mal. Ele tem grande parte de sua estrutura construída com corais marinhos e é um dos templos mais antigos da ilha, provavelmente do século X. Certamente o ponto mais impressionante a seu respeito é sua localização, que além de privilegiada é um tanto curiosa, bem no limite de um íngreme paredão de pedras, que, em contraste com o mar, forma um cenário inesquecível!

O templo pode ser visitado quase por inteiro. Ele tem uma “passarela”, que se estende ao longo do paredão e que oferece uma vista espetacular, principalmente durante o pôr do sol.

Além do espetáculo formado pelo entardecer, outro espetáculo ocorre no templo, a Kecak e Fire Dance. A dança típica de Bali. A maquiagem dos artistas é forte, a caracterização é ótima e todos os sons do show são feitos por vozes humanas. Quando você compra o ingresso do show (dentro do templo mesmo), você recebe um folheto, (tem várias opções de língua, claro menos em português), que conta a história do show, vale a pena ler antes, para entender melhor. É uma apresentação autêntica, interativa e que prende a atenção dos visitantes. Vale a pena assistir ao show, é um dos mais interessantes da ilha e começa às 18 horas, no pôr do sol.

Os visitantes que desejam conhecer o templo devem usar o sarong (roupa típica) disponível no lugar e utilizada em respeito ao local sagrado. Na entrada do templo, você deverá passar por uma pequena floresta, onde vivem vários macacos. Esses macacos podem parecer animais dóceis, mas são animais selvagens e é recomendado ter cuidado com eles, pois, em busca de comida, eles “roubam” objetos dos turistas.  E roubam mesmo, eles vem na sua direção de forma determinada e você tem que adivinhar o que eles querem e rápido. Coloque seus pertences dentro de uma bolsa e não ande com alimentos nas mãos. Minha garrafa de água foi embora com um deles, que abriu a tampa e tomou toda água. Cuidado com bonés, óculos e chinelos… Eles são espertos.

Entrada: Rp 20.000 Kecak +- R$ 5,00  Dance: Rp 100.000 +- R$ 24,00.

Tegalalang Rice Terraces – As plantações de arroz em Bali formam paisagens naturais lindas e utilizam um método de irrigação inventado há séculos, é um morro recortado em degraus. Os terraços de Jatiluwih e principalmente Telalagang são populares entre os turistas, o verde é intenso e é bem interessante ver mais de perto como é produzido esse grão tão popular no Brasil e aqui na Ásia.

Dica: Indo para Tegalalang você passa pela Av. Tegalalang onde tem várias lojas de móveis e artigos para decoração de casa.

Ubud – Fui para Ubud apenas um dia, mas se tiver a oportunidade de voltar, fico hospedada lá. O coração da cultura balinesa fica em Ubud. A cidade tem muitas atrações como o Ubud Palace, a Monkey Forest e Ubud Market (cheio de produtos de artesanatos, souvenir, barganhe sempre!!).  Além disso, a cidade tem hotéis com ótima estrutura, bons restaurantes e se você quiser comprar produtos de decoração e móveis balineses, é nessa região que encontra.

Vários ateliers e galerias com esculturas de madeira e pedra, pinturas, batik, prata, nessa região é que você encontra e o preço vale a pena.

Você assistiu o filme “Comer, Rezar e Amar” com a Julia Robert; então a parte “Amar”, foi filmado em Ubud.

Vulcão BaturUma semana antes de viajarmos para Bali o Vulcão Agung entrou em estado de alerta e toda a população que mora a um raio de 9 km foi evacuada. Entrei em contato com o hotel e nos informaram que Seminyak estava a 75 km de distância do Mont Agung, o único problema se ele entrasse em erupção, seria o fechamento do aeroporto. Ok! Arriscamos, deu tudo certo, o vulcão não entrou em erupção, mas até agora final de outubro, ele está sendo monitorado e a população não pode retornar à suas casas. A região em volta do Agung está bloqueada e o turismo proibido. Mas conseguimos visitar o Vulcão Batur, que fica a 30 km de distância do Agung. Bali é conhecida como o Anel de Fogo, pela quantidade de Vulcões que possui e todos ativos. Confesso que quando avistei o Batur, fiquei de boca aberta, a natureza é belíssima e imponente.

RESTAURANTES EM BALI

Em uma tarde no Ku De Ta, conhecemos um casal de australianos, que por sorte, ele é Chef de Cozinha na Austrália, sua esposa muito gentil, nos indicou alguns restaurantes em Seminyak, que valiam a pena conhecer, segue a dica logo abaixo dos que experimentamos:

La SicíliaComida Indonésia e asiática, clima mais sofisticado.

La Lucciola– O restaurante serve comida italiana, as massas são sensacionais e fica na beira da praia. A localização é ótima para um jantar romântico e o custo-benefício é ótimo!

Ku de ta Seminyak – Um dos queridinhos dos turistas em Seminyak, o Ku de Ta é um clube de praia e restaurante na beira do mar. É uma boa opção para ir durante a tarde curtir o pôr do sol ou fazer uma refeição ao ar livre, comida bem gostosa.

 

Potato Head Seminyak – Outro clube de praia muito conhecido em Bali, o Potato Head fica também em Seminyak e é uma alternativa para tomar uma bebida durante a noite, conversar com amigos e curtir a vibe tranquila da ilha. Também vale a pena o restaurante.

Mamasan Comida indiana e asiática, o gostoso é ir pedindo as várias entradas e experimentar o que você conseguir.

Sardine- Restaurante de peixes e frutos do mar, o ambiente é lindíssimo, tem uma plantação de girassóis dentro do restaurante. Um pouco mais caro.

Outras atividades que não tivemos tempo para fazer, mas são indicadas:

  • Gili Islands – As três ilhas, – Gili Meno, Gili Air e Gili Trawangan – são tranquilas e nem carros possuem, tudo é feito a pé, bicicleta ou charrete. São lugares ótimos para relaxar na praia, mergulhar e descansar! Se sua ideia é curtir praias paradisíacas, de águas calmas em um lugar com poucos habitantes, a dica é ir passar alguns dias também em Gili Islands, essas ilhas sim são mais tranquilas. A distância entre Bali e as Ilhas é de 1.5 h de barco.
  • Tirta Empul Temple – esse é um templo diferente de Bali, que fica nas proximidades de Ubud. O templo abriga uma fonte d’ água, e “piscinas” em que os moradores locais realizam um ritual de purificação. É um bom passeio para quem quer renovar as energias.
  • Fazer uma aula de Culinária – Para quem curte e tem tempo é uma opção interessante, apesar de eu não conseguir identificar uma característica específica na comida Balinesa, achei a comida Tailandesa mais marcante.
  • Aulas de Yoga – Muitos turistas visitam Bali buscando encontrar-se consigo mesmo e as aulas de yoga são atividades populares entre alguns visitantes. Existem escolas especializadas nessa atividade  e é comum ver várias pessoas caminhando com o “tapetinho” de Yoga nas costas.

Espero que tenham gostado de Bali como eu gostei. Até a próxima viagem pela Ásia.

 

 

Anúncios

Um comentário em “Bali na Indonésia – Parte II

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s