As consequências da Política do Filho único na China. – Parte II.

As consequências da Política do Filho único na China. – Parte II.

Link parte I : https://xinachina.com.br/2018/06/07/as-consequencias-da-politica-do-filho-unico-na-china-parte-i/

 ….Continuando com os principais aspectos que mostram como o desiquilíbrio tem afetado a sociedade chinesa:

  • O Desespero e esforço para conquistar uma esposa:

As mulheres preferem homens com casas e carros e com isso a oportunidade para casar de um simples rapaz da zona rural é infinitamente reduzida. Além disso, é necessário pagar uma espécie de dote para a família da noiva.

É preciso uma casa, poupança e um bom trabalho para ganhar uma noiva. Muitos chineses homens estão trabalhando mais, muitas vezes de forma perigosa ou desagradável, apenas para chegar à frente.

Os pais também estão tentando dar uma ajuda aos filhos financeiramente. Ter filhos já foi uma proteção contra a pobreza na velhice. Agora os pais idosos estão se sacrificando para ajudar seus filhos a aparecer casáveis.

“É uma espécie de corrida armamentista no mercado do namoro e casamento”. Diz Shang-Jin Wei, economista da Universidade de Columbia.

Homens estão desesperadamente construindo casas na China para atrair esposas e os preços dos imóveis estão subindo. Por outro lado não estão consumindo, com altas taxas de poupança das famílias e com isso alimenta o enorme superávit comercial na China.

Um homem que faz sapatos baratos para exportação não gasta os salários que recebe em bens de consumo. Em vez disso, ele poupa para construir uma casa e atrair uma noiva.

Os pretendentes masculinos na China pagam um “preço da noiva” para ganhar seus futuros sogros e obter a aprovação deles (um dote).

Por causa do desequilíbrio agudo, esse valor que faz para da tradição chinesa, passou de algumas centenas de dólares, de uma ou duas décadas atrás, para quase RMB 30.000 em algumas partes da China atualmente, de acordo com o jornal People’s Daily.

Atualmente jovens estão fugindo dos pequenos vilarejos para conseguir dinheiro e casar-se.

A única forma de conseguir um casamento na zona rural é tendo uma casa.

 Na China rural a escassez de mulheres é amplificada porque as mulheres costumam “se casar”, buscando maridos com maior status educacional, financeiro ou social, do que o delas. Isso leva as mulheres de províncias rurais para as cidades em busca desses tipos de homens, tornando ainda mais difícil para os homens que ficam para trás. 

  •  Mulheres Estrangeiras: 

Mulheres estrangeiras estão sendo recrutadas e aliciadas para China.

Dezenas de milhares de mulheres estrangeiras, em especial Cambojanas e vietnamitas estão vindo para a China para casar-se, empurradas pela pobreza em suas cidades natal e pela falta de mulheres na China.

Homens chineses navegam em sites que oferecem noivas estrangeiras, e pagam mais de US $ 8.000 por viagens de casamento para encontrar uma esposa.

Em suas novas famílias, as noras geralmente ocupam o menor status e sofrem com a diferença da língua e cultura.

A desproporção continua crescendo, de acordo com o demógrafo francês Christophe Guilmoto, estima-se que em 2.050, poderia haver entre 150 a 190 homens para cada 100 mulheres no mercado de casamentos da China.

  • Segurança Pública:  

A China é um país onde o casamento confere status social e onde a pressão dos pais para produzir netos é intensa.

Em Dongguan, onde a proporção entre homens e mulheres é de 118 para 100 mulheres, muitos homens praticamente perderam a esperança de encontrar uma namorada.

Passam seu tempo livre jogando jogos em seu telefone, ou acompanhando seus colegas de trabalho em karaokê.

Os crimes sexuais na China ainda são baixos em comparação com a Índia seu vizinho e parceiro nesse mesmo problema de desiquilíbrio; porém atualmente já são conhecidos alguns casos de crimes sexuais na China.

A integra desse artigo você pode encontrar pesquisando no site do Washington Post – ttps://www.washingtonpost.com/graphics/2018/world/too-many-men/?noredirect=on&utm_term=.9a2697ff5297

Dá para perceber, com esses posts, como ações governamentais afetam toda uma sociedade às vezes a curto e às vezes a longo prazo.

Espero que tenham gostado. Beijos e até a próxima semana.

Zài Jiàn.

Anúncios

Um comentário em “As consequências da Política do Filho único na China. – Parte II.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s