Kyoto a mais japonesa de todas as cidades.

Kyoto tem um quê especial, oferece aos visitantes a mais genuína e charmosa materialização da cultura e da tradição desse país.

Antiga capital do Japão é o berço de rituais milenares, templos, santuários, jardins e palácios deslumbrantes, estão entre os patrimônios da humanidade da UNESCO.

Optamos por contratar um tour de um dia para Kyoto e foi a melhor coisa que fizemos, pois sozinhos não conseguiríamos conhecer tudo que visitamos.

Outra opção para quem tiver tempo é ficar de dois a três dias hospedados na cidade, pois além de visitar os templos com mais calma, vale a pena percorrer as ruelas típicas de um Japão antigo e ver as gueixas e maikos (aprendizes de gueixas) no bairro de Gion.

A cidade tem muitos templos e pontos turísticos, mas alguns são imperdíveis.

KINKAKU-JI TEMPLE

Alguns lugares que visitei na minha vida, me deixaram de queixo caído, esse Templo foi um deles. Recomendo deixar para o final da tarde, pois com o pôr do Sol, o visual fica estarrecedor.

Conhecido como Templo de Ouro, com certeza é o principal atrativo de Kyoto. Um dos templos zen-budistas mais conhecidos no Japão. Data do século 15, foi construído por Ashikaga Yoshimitsu em 1397.

Também chamado de Templo do Ouro, Templo Dourado ou Pavilhão Dourado, tem três andares, sendo os dois últimos folheados a ouro. É considerado patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO desde 1994. Não é permitido entrar no templo, mas o passeio ao redor dele é de impressionar.

IMPERDÍVEL.

KIYOMIZU-DERA TEMPLE

Também é um patrimônio da humanidade. Foi construído em 790 D.C. na encosta de um morro, em meio a uma floresta e tem uma estrutura de madeira de dezenas de metros de altura, construída sem pregos.

Os 139 pilares e as 30 vigas de sustentação todas encaixadas.

O Templo Kiyomizu, que significa Templo da Água Pura, tem uma fonte de água sagrada. Os peregrinos bebem a água, e também lavam as mãos, os braços e o rosto.

IMPERDÍVEL.

FUSHIMI INARI SHRINE TEMPLE

A cor do templo é linda assim como os caminhos subindo a montanha passando por túneis de torii. Não precisa fazer o percurso todo, pois é mais do mesmo; percorrendo uma parte dos túneis já vale a visita.

Esse foi o local mais cheio de turistas que encontramos, provavelmente por ter ficado conhecido no filme “Memórias de uma Gueixa”, ou talvez por ser Inari o deus dos negócios, saúde e performance. Então muita gente quer sua proteção.

VALE A PENA.

SANSU SAN GEN TEMPLE

Há 1.001 estátuas em pé de tamanho real do Exército de Kannon que ficam tanto do lado direito como do esquerdo da estátua principal do Templo (Sahasrabhuja-arya-avalokitesvara- Kannon) em 10 fileiras e 50 colunas.

As estátuas são feitas de ciprestes japonês com folhas de ouro.

Não se pode fotografar nesse templo e há celebrações constantes.

Para quem não conhece o budismo, talvez esse templo não seja tão interessante.

SE TIVER TEMPO.

TOGETSU KYO BRIDGE, SAGANO BAMBOO FOREST STREET E TENRYU JI TEMPLE

Almoçamos próximo a Togetsu Kyo Bridge, depois fomos conhecer a Floresta de Bambu, trazidos da China e visitar o Templo Tenryu. Tudo está na mesma região e você faz a pé.

Um lugar delicioso para passear e ver o tempo passar. O Templo Tenryu Ji é daqueles templos japoneses que você vê em filmes. Dá vontade de sentar e meditar. Gostaria de ter ficado mais tempo lá.

VALE A PENA.

Motivos não faltam para você colocar Kyoto no topo de seu próximo roteiro de viagem e se fizer isso tente unir com o período da florada das cerejeiras. Certamente ficará para sempre na sua memória.

Até a próxima cidade do Japão Arima Olsen.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s