Xi na China

 

Na verdade, não tenho a pretensão de fazer um Blog, mas um diário ou semanal de bordo, onde eu possa contar as minhas experiências na China.

Meu nome é Simone Lanzellotti, sou engenheira, casada, dois filhos e lidero há 20 anos uma franquia dos Correios em São Paulo, franquia do meu pai e tios. Já tive alguns negócios em paralelo aos Correios, como confecção de roupa de praia e uma franquia da Lacoste na Granja Viana, mas minha experiência profissional durante esses anos, foi se moldando na área administrativa e financeira e por isso mesmo daqui, consigo ajudar alguns assuntos da agência.

Quando meu marido recebeu a proposta de vir trabalhar aqui em Shanghai, tentei pesquisar o máximo que pude sobre a cidade e a visão de brasileiros que moram aqui.

Achei muita coisa interessante e com dicas de alguns amigos, pude aos poucos conhecer mais.

Dei o nome desse blog de Xi na China, pois para quem me conhece sabe que quando comecei a namorar com o Paulo (hoje meu marido), isso há 36 anos atrás, ele me chamava de Xi. Essa forma carinhosa ficou por todos esses anos e muitas vezes meus filhos quando querem tirar um “sarro” de mim, falam   “- Xi, traz alguma coisa para a gente comer !!!”.

Então como eu estou na China acompanhando meu marido e sem meus filhos perto de mim, resolvi dar o nome do Blog de xinachina.

Para nós brasileiros, falar em Estados Unidos, Europa ou América Latina é bem mais próximo da nossa realidade e da nossa cultura; mas Ásia não sabemos nada, não tivemos nenhuma aula de História sobre a Ásia na escola e se tivemos foi pouca coisa sobre o Japão.

Eles também começaram a se abrir para o mundo há pouco tempo e posso garantir nesse tempo que estou aqui, eles estão se abrindo. É bem comum as crianças te pararem na rua e tentar se comunicar com você em Inglês, falando o básico, mas tentando se globalizar. Isso mostra uma nova geração vindo aí com tudo !

Claro que eu tenho comparado Brasil com a China e me preocupa o que estamos fazendo com nosso país, pois tenho visto aqui muuuuito trabalho, prédios e prédios sendo construídos 24 horas por dia, 7 dias da semana; restaurantes sempre cheios; escolas com crianças visitando museus.

É isso aí, vou começar a escrever e mostrar as coisas legais e não tão legais que encontrar por aqui.

Espero poder ajudar quem virá para cá.

 

 

Anúncios